Esdras

1. No primeiro ano de Ciro, rei da Pérsia (para que se cumprisse a palavra do SENHOR, pela boca de Jeremias), despertou o SENHOR o espírito de Ciro, rei da Pérsia, o qual fez passar pregão por todo o seu reino, como também por escrito, dizendo:

2. Assim diz Ciro, rei da Pérsia: O SENHOR Deus dos céus me deu todos os reinos da terra, e me encarregou de lhe edificar uma casa em Jerusalém, que está em Judá.

3. Quem há entre vós, de todo o seu povo, seja seu Deus com ele, e suba a Jerusalém, que está em Judá, e edifique a casa do SENHOR Deus de Israel (ele é o Deus) que está em Jerusalém.

4. E todo aquele que ficar atrás em algum lugar em que andar peregrinando, os homens do seu lugar o ajudarão com prata, com ouro, com bens, e com gados, além das dádivas voluntárias para a casa de Deus, que está em Jerusalém.

5. Então se levantaram os chefes dos pais de Judá e Benjamim, e os sacerdotes e os levitas, com todos aqueles cujo espírito Deus despertou, para subirem a edificar a casa do SENHOR, que está em Jerusalém.

6. E todos os que habitavam nos arredores lhes firmaram as mãos com vasos de prata, com ouro, com bens e com gado, e com coisas preciosas; além de tudo o que voluntariamente se deu.

7. Também o rei Ciro tirou os utensílios da casa do SENHOR, que Nabucodonosor tinha trazido de Jerusalém, e que tinha posto na casa de seus deuses.

8. Estes tirou Ciro, rei da Pérsia, pela mão de Mitredate, o tesoureiro, que os entregou contados a Sesbazar, príncipe de Judá.

9. E este é o número deles: trinta travessas de ouro, mil travessas de prata, vinte e nove facas,

10. Trinta bacias de ouro, mais outras quatrocentas e dez bacias de prata, e mil outros utensílios.

11. Todos os utensílios de ouro e de prata foram cinco mil e quatrocentos; todos estes levou Sesbazar, quando os do cativeiro subiram de babilônia para Jerusalém.

1. Estes são os filhos da província, que subiram do cativeiro, dentre os exilados, que Nabucodonosor, rei de babilônia, tinha transportado a babilônia, e tornaram a Jerusalém e a Judá, cada um para a sua cidade;

2. Os quais vieram com Zorobabel, Jesuá, Neemias, Seraías, Reelaías, Mardoqueu, Bilsã, Mizpar, Bigvai, Reum e Baaná. O número dos homens do povo de Israel:

3. Os filhos de Parós, dois mil cento e setenta e dois.

4. Os filhos de Sefatias, trezentos e setenta e dois.

5. Os filhos de Ará, setecentos e setenta e cinco.

6. Os filhos de Paate-Moabe, dos filhos de Jesuá-Joabe, dois mil oitocentos e doze.

7. Os filhos de Elão, mil duzentos e cinqüenta e quatro.

8. Os filhos de Zatu, novecentos e quarenta e cinco.

9. Os filhos de Zacai, setecentos e sessenta.

10. Os filhos de Bani, seiscentos e quarenta e dois.

11. Os filhos de Bebai, seiscentos e vinte e três.

12. Os filhos de Azgade, mil duzentos e vinte e dois.

13. Os filhos de Adonicão, seiscentos e sessenta e seis.

14. Os filhos de Bigvai, dois mil e cinqüenta e seis.

15. Os filhos de Adim, quatrocentos e cinqüenta e quatro.

16. Os filhos de Ater, de Ezequias, noventa e oito.

17. Os filhos de Bezai, trezentos e vinte e três.

18. Os filhos de Jora, cento e doze.

19. Os filhos de Hasum, duzentos e vinte e três.

20. Os filhos de Gibar, noventa e cinco.

21. Os filhos de Belém, cento e vinte e três.

22. Os homens de Netofá, cinqüenta e seis.

23. Os homens de Anatote, cento e vinte e oito.

24. Os filhos de Azmavete, quarenta e dois.

25. Os filhos de Quiriate-Arim, Quefira e Beerote, setecentos e quarenta e três.

26. Os filhos de Ramá, e de Geba, seiscentos e vinte e um.

27. Os homens de Micmás, cento e vinte e dois.

28. Os homens de Betel e de Ai, duzentos e vinte e três.

29. Os filhos de Nebo, cinqüenta e dois.

30. Os filhos de Magbis, cento e cinqüenta e seis.

31. Os filhos do outro Elão, mil duzentos e cinqüenta e quatro.

32. Os filhos de Harim, trezentos e vinte.

33. Os filhos de Lode, de Hadide e de Ono, setecentos e vinte e cinco.

34. Os filhos de Jericó, trezentos e quarenta e cinco.

35. Os filhos de Senaá, três mil seiscentos e trinta.

36. Os sacerdotes: os filhos de Jedaías, da casa de Jesuá, novecentos e setenta e três.

37. Os filhos de Imer, mil e cinqüenta e dois.

38. Os filhos de Pasur, mil duzentos e quarenta e sete.

39. Os filhos de Harim, mil e dezessete.

40. Os levitas: os filhos de Jesuá e Cadmiel, dos filhos de Hodavias, setenta e quatro.

41. Os cantores: os filhos de Asafe, cento e vinte e oito.

42. Os filhos dos porteiros: os filhos de Salum, os filhos de Ater, os filhos de Talmom, os filhos de Acube, os filhos de Hatita, os filhos de Sobai; ao todo, cento e trinta e nove.

43. Os netinins: os filhos de Zia, os filhos de Hasufa, os filhos de Tabaote,

44. Os filhos de Querós, os filhos de Siá, os filhos de Padom,

45. Os filhos de Lebaná, os filhos de Hagaba, os filhos de Acube,

46. Os filhos de Hagabe, os filhos de Sanlai, os filhos de Hanã,

47. Os filhos de Gidel, os filhos de Gaar, os filhos de Reaías,

48. Os filhos de Rezim, os filhos de Necoda, os filhos de Gazão,

49. Os filhos de Uzá, os filhos de Paseá, os filhos de Besai,

50. Os filhos de Asna, os filhos dos meunitas, os filhos dos nefuseus,

51. Os filhos de Bacbuque, os filhos de Hacufa, os filhos de Harur,

52. Os filhos de Bazlute, os filhos de Meída, os filhos de Harsa,

53. Os filhos de Barcos, os filhos de Sísera, os filhos de Tama.

54. Os filhos de Neziá, os filhos de Hatifa,

55. Os filhos dos servos de Salomão; os filhos de Sotai, os filhos de Soferete, os filhos de Peruda,

56. Os filhos de Jaalá, os filhos de Darcom, os filhos de Gidel,

57. Os filhos de Sefatias, os filhos de Hatil, os filhos de Poquerete-Hazebaim, os filhos de Ami.

58. Todos os netinins, e os filhos dos servos de Salomão, trezentos e noventa e dois.

59. Também estes subiram de Tel-Melá e Tel-Harsa, Querube, Adã e Imer; porém não puderam provar que as suas famílias e a sua linhagem eram de Israel.

60. Os filhos de Delaías, os filhos de Tobias, os filhos de Necoda, seiscentos e cinqüenta e dois.

61. E dos filhos dos sacerdotes: os filhos de Habaías, os filhos de Coz, os filhos de Barzilai, que tomou mulher das filhas de Barzilai, o gileadita, e que foi chamado do seu nome.

62. Estes procuraram o seu registro entre os que estavam arrolados nas genealogias, mas não se acharam nelas; assim, por imundos, foram excluídos do sacerdócio.

63. E o governador lhes disse que não comessem das coisas consagradas, até que houvesse sacerdote com Urim e com Tumim.

64. Toda esta congregação junta foi de quarenta e dois mil trezentos e sessenta,

65. Afora os seus servos e as suas servas, que foram sete mil trezentos e trinta e sete; também tinha duzentos cantores e cantoras.

66. Os seus cavalos, setecentos e trinta e seis; os seus mulos, duzentos e quarenta e cinco;

67. Os seus camelos, quatrocentos e trinta e cinco; os jumentos, seis mil setecentos e vinte.

68. E alguns dos chefes dos pais, vindo à casa do SENHOR, que habita em Jerusalém, deram ofertas voluntárias para a casa de Deus, para a estabelecerem no seu lugar.

69. Conforme as suas posses, deram para o tesouro da obra, em ouro, sessenta e uma mil dracmas, e em prata cinco mil libras, e cem vestes sacerdotais.

70. E habitaram os sacerdotes e os levitas, e alguns do povo, tanto os cantores, como os porteiros, e os netinins, nas suas cidades; como também todo o Israel nas suas cidades.

Você está lendo Esdras na edição ACF, Almeida Corrigida e Revisada Fiel, em Português.
Este lívro compôe o Antigo Testamento, tem 10 capítulos, e 280 versículos.