Tito

Sobre o livro

Tito, um não-judeu que havia se tornado cristão, foi um dos colegas e do apóstolo Paulo no seu trabalho missionário (Gálatas 2.1-3; 2 Coríntios 7.6-16).

Paulo o havia deixado na ilha de Creta a fim de que ele organizasse e dirigisse o trabalho das igrejas dali (Tito 1.5). Na Carta a Tito o apóstolo trata dos deveres e da maneira de agir dos dirigentes das igrejas; fala também das responsabilidades do próprio Tito nas suas relações com os vários grupos de pessoas das igrejas.

O apóstolo recomenda que Tito use a sua autoridade para o bem dos membros das igrejas e que a sua maneira de agir sirva de exemplo para todos (2.7). Diz que a vida cristã se torna possível por causa da bondade e do amor de Deus, que nos salvou "não porque fizemos alguma coisa boa, mas por causa da sua própria misericórdia" (3.5).

Significados: Tito, Paulo, Creta, Deus.

Você está lendo Tito na edição ACF, Almeida Corrigida e Revisada Fiel, em Português.
Este lívro compôe o Novo Testamento, tem 3 capítulos, e 46 versículos.